Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

De acordo com a 16ª RS, é a primeira vez que uma pessoa imunizada contra a Gripe A contrai a doença na região

Paciente foi vacinado contra a nova gripe em abril

A 16ª Regional de Saúde (RS) confirmou hoje que uma das pessoas infectadas pelo vírus H1N1 na região já havia tomado a vacina contra a nova gripe.

Um homem de 30 anos, possivelmente portador de doença crônica, foi vacinado no dia 20 de abril e passou a apresentar sintomas da Influenza A cerca de 15 dias depois.

O paciente é de Arapongas.

É a primeira vez que uma pessoa imunizada contrai a doença na região.

—————————————–

Esta informação nos mostra como esta bilionária campanha de vacinação é um crime vergonhoso, pois nem proteger contra o vírus que diz proteger o faz. Ainda mais, pela proximidade com a data de vacinação, fica a dúvida se esta pessoa não teria sido infectado pela vacina em si.

Fontes:
Tribuna do Norte: Homem que tomou vacina contrai gripe suína

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

17 Comments

  • Montenegro disse:

    Kleber é meu filho e tem 6 anos. Foi vacinado e logo contraiu o que os médicos indicam como uma "virose" desconhecida. Problemas respiratórios, muco, dores no corpo. A coisa regrediu depois de uma semana com antibióticos, mel com própolis e chás de guaco. (João Bosco, Santos, SP)

    Patrick, técnico de informátia que me presta serviços, está de cama há uma semana, com dores no corpo, dor de cabeça e problemas respiratórios. Perguntei se ele havia sido vacinado e a resposta foi positiva.
    (Arlindo Montenegro, S.Vicente, SP)

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Malcomtux disse:

    "… pela proximidade com a data de vacinação, fica a dúvida se esta pessoa não teria sido infectado pela vacina em si." Ou se já tinha o vírus antes, o que é mais provável

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Mauricio disse:

    parabéns ao blog mais uma vez pela rapidez nas informações, pois nada disso é falado na midia corporativa…

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Anonymous disse:

    Decidi falar também. Trabalho em uma sala com 12 pessoas, logicamente que este tema foi conversado com todos aqui. Apenas duas tomaram a vacina. Uma por ser estudante de enfermagem, e estava fazendo um disciplina de Estágio obrigatório da faculdade, e para fazer a disciplina foi obrigada a tomar, mesmo sem sua vontade. Depois de uma semana ficou com febre, dores no corpo, moleza, sonolência, e ficou dois dias sem trabalhar, mas já está bem. O outro que tomou foi o único que dividada, e ainda bem que nada aconteceu com ele. Uma outra funcionária, falou que em seu condomínio de prédios, uma crinça de 5 anos morreu após a vacina. E um ex-funcionário entrou em contato pelo msn com pessoas daqui, pois estava meio arrasado, querendo vender seu carro para pagar uma dívida contraída para montar o quarto do bebê, que sua esposa estava esperando, e que não virá mais. Fizemos a pergunta básica: Ela tomou a vacina? A resposta foi sim.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Duobla disse:

    A verdade é que muitas pessoas aparentemente estão contraindo gripe após a vacina.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Anonymous disse:

    só uma coisa a dizer:
    http://fardaw.com/fuuu.png

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • J.O disse:

    Abençoado, é a Josi [ Floripa ] muito bom seu blog! Tenho falado sobre ele a respeito da vacina! Eu estou como exemplo, pois ano passado não tomei e graças a Deus nada aconteceu, e este ano tomei ¬¬' e prefiro nem comentar….. Minha irma teve sintomas horriveis, e pior!!! Os médicos dizem que não tem nada haver com a vacina! Bem, mas vamos continuar, a falar e divulgar esse absurdo, que é influenciar as pessoas a seu proprio mal. Beijo

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Eduardo RC Neto disse:

    Você só pode estar brincando. MilhÕes e milhões de pessoas tomaram essa vacina em todo mundo, inclusive aqui no Brasil, e você me vem com 0.0001 % dos casos que aconteceram alguma coisa, QUE PODE NEM TER SIDO POR CAUSA DA VACINA.
    Gosto muito do seu BLOG, sou assinante do feed porque gosto de dar umas risadas pela manhã e sempre me faz lembrar do filme a Teoria da Conspiração quando leio seus textos. Não concordo em nada com o que você escreve aqui, mas você está de parabêns em acreditar em que escreve, e isso é louvável.
    Abraços

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Daniel disse:

    "MilhÕes e milhões de pessoas tomaram essa vacina em todo mundo, inclusive aqui no Brasil, e você me vem com 0.0001 % dos casos que aconteceram alguma coisa, QUE PODE NEM TER SIDO POR CAUSA DA VACINA." Eduardo RC Neto

    Concordo com o comentário do amigo. Como todos devem saber, a vacina é feita do próprio vírus e de modo automatizado. Por este fato pode acontecer de uma das doses virem com "defeito" e acabar causando um efeito contrário. Isso pode acontecer com uma empresa que não possui um bom controle de qualidade.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Ministério da saúde disse:

    Como já ocorreu em outras campanhas de vacinação no Brasil e no mundo, surgem especulações que a vacina cause danos à saúde e que possa até causar a morte. Na verdade, a vacina não transmite o vírus da Influenza H1N1 e estudos comprovam uma efetividade média maior que 95%. Após tomar a vacina, o organismo leva até 21 dias para estar completamente protegido. O objetivo da vacinação é diminuir os males provocados pelo vírus.

    A vacina contra Influenza H1N1 é segura. Ela foi devidamente testada. Antes de ser aplicada aqui no Brasil, esta vacina já foi utilizada em mais de 300 milhões de pessoas no Hemisfério Norte, sem efeitos colaterais graves. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os principais efeitos colaterais da vacina são dores de cabeça, nos músculos e articulações e febre. São sintomas leves, que devem durar cerca de dois dias. Em casos mais raros, pode haver reação alérgica.

    Para obter informações verídicas sobre a campanha, acesse canais oficiais como o Portal da campanha do Ministério da Saúde http://www.vacinacaoinfluenza.com.br ou o site da Organização Mundial de Saúde (OMS) http://www.who.int.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Ministério da saúde disse:

    Prezado Arlindo,

    De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os principais efeitos colaterais da vacina são dores de cabeça, nos músculos e articulações e febre. São sintomas leves, que devem durar cerca de dois dias. Em casos mais raros, pode haver reação alérgica. Já foram imunizados quase 80 milhões de pessoas no Brasil e mais de 300 milhões no mundo, sem nenhum efeito grave comprovado.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Ministério da saúde disse:

    Doubla,

    A vacina não transmite o vírus Influenza H1N1. Após a vacinação, podem aparecer sintomas leves, que duram até dois dias. Os principais efeitos colaterais são dores de cabeça, nos músculos e articulações e febre. Em casos mais raros, pode haver reação alérgica.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Ministério da saúde disse:

    Malcomtux,

    A vacina contra Influenza H1N1 é segura e não transmite o vírus Influenza H1N1. Ela foi devidamente testada antes de ser aplicada aqui no Brasil e já foi utilizada em mais de 300 milhões de pessoas no mundo, sem causar efeitos colaterais graves. Após tomar a vacina, o organismo leva até 21 dias para estar totalmente protegido. Estudos comprovam que a efetividade média da vacina é maior que 95%.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Ministério da saúde disse:

    Caro Daniel,

    A vacina contra Influenza H1N1 é segura. Ela foi devidamente testada e, antes de ser aplicada aqui no Brasil, esta vacina já foi utilizada em mais de 300 milhões de pessoas, sem efeitos colaterais graves. Só no Brasil, quase 80 milhões de pessoas foram imunizadas durante a campanha.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Ministério da saúde disse:

    J.O,

    Não existem indícios que comprovem a transmissão do vírus H1N1 através da vacinação. O vírus Influenza é transmitido de pessoa a pessoa, principalmente por meio da tosse ou espirro e do contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas. Os sintomas apresentados após a vacinação são dores de cabeça, nos músculos e articulações e febre. Em casos mais raros, pode haver reação alérgica.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Ministério da saúde disse:

    Mauricio,

    Para obter informações verídicas sobre o vírus Influenza H1N1, acesse canais oficiais como o Portal da campanha do Ministério da Saúde http://www.vacinacaoinfluenza.com.br ou o site da Organização Mundial de Saúde (OMS) http://www.who.int.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Anonymous disse:

    Bando de ovelhas pensando que os governos desejam
    o seu bem. behhh behhhh behhhhh

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe