Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

MS Nenhum Efeito adverso Veja a verdade por trás da vacinação nos EUANós temos sido informados pelo ministério da saúde de que 30 milhões de pessoas foram já vacinadas no hemisfério norte e de que não houve nenhuma reação adversa.

Pois bem, eu acabei de achar o site do CDC com o sistema WONDER (Wide-ranging Online Data for Epidemiologic Research) (ou Dados de alto-alcance para Pesquisa Epidemiológica). Neste sistema pode-se pesquisar e classificar todos os relatos de efeitos adversos das vacina, e o que nos interessa mais neste momento, os efeitos adversos da vacina contra o H1N1. Os dados abaixo incluem reações adversas até fevereiro de 2010.

  • Reações adversas

O diretor de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde Eduardo Hage afirmou aqui: “A vacina já foi utilizada em mais de 300 milhões de pessoas no mundo todo. Não têm sido registrado, comprovadamente, eventos adversos graves, ou mortes relacionados ao uso da vacina. Portanto a vacina é segura e desde que iniciamos a vacinação também no país não há ocorrência de eventos graves associados ao uso dessa vacina”. Notem o comprovadamente. Vimos no caso do bebê que após tomar a vacina sofreu paralisia, e teve o seu primeiro diagnóstico, que colocava a causa da inflamação neuronal e da medula na vacina, invalidado por um outro diagnóstico no dia seguinte.

Esta primeira tabela abaixo mostra a quantidade de efeitos adversos descartando aqueles classificados como “não sérios”

Sexo
Eventos Reportados
   
Percent (of 3,803)
   
Feminino 2,471 64.98%
Masculino 1,316 34.60%
Desconhecido 16 0.42%
Total 3,803 100.00%

  • Mortes

Na tabela abaixo está o resultado pesquisando por mortes após a aplicação das vacinas contra o H1N1.

 

Sexo
Eventos Reportados
   
Percent (of 66)
   
Feminino 33 50.00%
Masculino 32 48.48%
Desconhecido 1 1.52%
Total 66 100.00%


A tabela abaixo mostra a quantidade de mortes agrupado por fornecedor da vacina:

 

Laboratórios
Eventos Reportados
   
Percentual
   
CSL LIMITED 5 7.58%
GLAXOSMITHKLINE BIOLOGICALS 2 3.03%
MEDIMMUNE VACCINES, INC. 7 10.61%
NOVARTIS VACCINES AND DIAGNOSTICS 16 24.24%
SANOFI PASTEUR 29 43.94%
Desconhecido 7 10.61%
Total 66 100.00%


Pode-se ver que a sanofi detem o posto de maior causador de mortes.

  • Síndrome de guillain barre


O ministério da saúde na mesma no em que refuta os “boatos” na internet afirma que:

Boato: Há evidências da síndrome de Guillain-Barré em muitas pessoas que tomaram a vacina nos outros países do mundo. Não existe esta evidência nos países que já realizaram ou estão vacinando contra a influenza pandêmica

Vejamos então…
Abaixo temos o relatório de casos de guillain barre relatados até fevereiro de 2010:

Sexo
idade
Eventos Reportados
   
Percentagem
   
Feminino <> 1 1.04%
1-2 Anos 2 2.08%
3-5 Anos 2 2.08%
6-17 Anos 5 5.21%
18-29 Anos 3 3.12%
30-39 Anos 8 8.33%
40-49 Anos 6 6.25%
50-59 Anos 10 10.42%
60-64 Anos 5 5.21%
65+ Anos 9 9.38%
Total 51 53.12%
Masculino 1-2 Anos 1 1.04%
3-5 Anos 1 1.04%
6-17 Anos 6 6.25%
18-29 Anos 3 3.12%
30-39 Anos 4 4.17%
40-49 Anos 3 3.12%
50-59 Anos 11 11.46%
60-64 Anos 4 4.17%
65+ Anos 11 11.46%
Desconhecido 1 1.04%
Total 45 46.88%
Total 96 100.00%

  • Abortos

O ministério da saúde no mesmo documento afirma que:

Há evidências de má formação fetal em gestantes que
tomaram a vacina.
A vacina contra o vírus influenza pandêmico (H1N1) 2009 é segura e indicada para a gestante em qualquer idade gestacional. Na vacinação realizada no hemisfério norte não houve nenhum registro de má formação fetal relacionada a vacina.

Bem, eu fiz esta pesquisa no WONDER, filtrando todos os abortos acontecidos após a aplicacao da vacina. Veja na tabela abaixo a quantidade de abortos que aconteceram. A tabela está agrupada por dias que se passaram após a vacinação. Vemos que o maior número de abortos aconteceram entre 1-3 dias e de 2-4 semanas. Neste link temos o relato de mais de 70 americanas que abortaram logo após tomar a vacina.

Dias após tomar a vacina
Eventos Reportados
   
Percentagem
   
0 days 9 8.82%
1 day 10 9.80%
2 days 13 12.75%
3 days 14 13.73%
4 days 5 4.90%
5 days 2 1.96%
6 days 2 1.96%
7 days 4 3.92%
8 days 2 1.96%
9 days 2 1.96%
10-14 days 11 10.78%
15-30 days 14 13.73%
31-60 days 5 4.90%
Desconhecido 9 8.82%
Total 102 100.00%

Vimos acima que existem sim reações adversas causadas pela vacina, e os dados acima incluem apenas os EUA. Porque a imprensa ignora estes dados?

Aparentemente este sistema não faz verificação dos casos reportados. É porém, uma forte indicação de que tais casos ocorreram, e podem estar ligados a aplicação da vacina.

Fontes:
CDC – WOnder -VAERS

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

12 Comments

  • JDiniz disse:

    Excelente!
    Gostaria de um "print" dos termos que você usou para a pesquisa para auxiliar outras pessoas a verificarem por elas mesmas a informação.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Anonymous disse:

    Mais Haarp. Hoje na Califórnia.
    Estariam aquecendo o aparelho?

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • cris disse:

    Com relação aos abortos e mortes fetais, há indícios de que já cheguem a 200 naquela região.
    Caso desejem averiguar melhor, deixo os seguintes emails:

    connie.adams@rocketmail.com

    ncowmail@gmail.com;

    Não é um número tão insignificante para ser ignorado. Contudo, as grávidas vacinadas que acreditem nessa mensagem não devem entrar em pânico. Efeitos adversos existem como possibilidades. Mantenham a calma.
    As reações não terão que ocorrer necessariamente com todas as pessoas, nem com a mesma intensidade. Doravante, procurem cuidar-se bem.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Anonymous disse:

    Pessoal eu não posso acreditar no que está acontecendo, minha irmã tem 27 anos, trabalhava e fazia faculdade de contabilidade, tomou vacina contra gripe no ano passado, e não sei exatamente se foi por conta da vacina, mas após alguns dias no máximo uma semana, ela foi acometida da síndrome de guillain barre. Ela ficou paralizada, não mexia sequer os dedos dospés, ficou totalmente dependente pra tudo. Parou com o trabalho e a faculdade. Tenho vídeos dela no hospital. E desde dezembro de 2008 estamos lutando contra esta doença. Será que foi por conta da vacina? como eu poderia obter maiores informações a respeito? Para entrar em contato comigo envie um email para: caianajsb@gmail.com

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Anonymous disse:

    OLHA ,EU TOMEI A VACINA PARA GRIPE COMUM ANO PASSADO E DESDE ENTÃO DESENVOLVI ASMA 3 SEMANAS APÓS E NUNCA MAIS FUI A MESMA.AGORA DEPENDO DE BRONCODILATADOR 2 X AO DIA DESDE ENTÃO.NO POSTO DE SAÚDE ONDE TRABALHO OCORRERAM VÁRIAS REAÇÕES ADVERSAS SÉRIAS COM A VACINA CONTRA H1N1:1 CASO DE INSUFICIENCIA RESPIRATÓRIA AGUDA GRAVE 2 HS APÓS (A PACIENTE FOI URGENTEMENTE PARA O HOSPITAL E QUASE TEVE PARADA RESPIRATÓRIA)E AINDA NÃO ESTÁ BEM.OUTRA ESTÁ COM PARALISIA NO BRAÇO.A TÉCNICA DE ENFERMAGEM SÓ DE ASPIRAR A VACINA AO APLICAR NOS PACIENTES ESTÁ TENDO ASMA (NUNCA TEVE ANTES!).SÃO UNS NAZISTAS ESTES LABORATÓRIOS.ESTOU FALANDO PARA TODO MUNDO NÃO TOMAR ESTA VACINA.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Anonymous disse:

    HÁ VÁRIOS RELATOS DE PNEUMONIA TAMBÉM.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Anonymous disse:

    Olá, só retificando….
    Andei conversando com minha irmã sobre a vacina que ela tomou, e ela me informou que tomou vacina para rubéola e não para gripe como eu havia informado antes. caianajsb@gmail.com

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • JDiniz disse:

    Permaneço aguardando o print dos termos de pesquisa usados nesta matéria para que também eu possa re-posta-la. No aguardo…

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Edy disse:

    A NOVA ORDEM MUNDIAL JA ESTA PREVISTA NA BIBLIA A MUITO TEMPO , ISSO QUER DISSER QUE O MEU JESUS ESTA VINDO BUSCAR SUA IGREJA , E VC OQUE TEM FEITO PARA SUA SALVAÇÃO , ACEITE A CRISTO COMO SEU UNICO SENHOR E PODE PARAR DE ESQUENTAR A CABEÇA COM AS COISA DO MUNDO POIS A GLORIA DA SEGUNDA CASA E MAIOR QUE DA PRIMEIRA .
    JESUS E A UNICA SALVAÇÃO E O UNICO QUE PODE CURAR AS COISA QUE ATE OS MEDICO NÃO SABE COM FAZER: OBS DEIXE SUA OPINIÃO
    edimar.maximiano@yahoo.com.br

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Luiz Machado disse:

    tamo caminhando para uma nova realidade. A partir do momento que existe muitos querendo tirar a nossa paz existe tambem um lado espiritual que nos ajuda a evoluir cada vez mais!!

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Ministério da saúde disse:

    Prezada Anonymous,

    De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os principais efeitos colaterais da vacina são dores de cabeça, nos músculos e articulações e febre. São sintomas leves, que devem durar cerca de dois dias. Em casos mais raros, pode haver reação alérgica. A vacina contra Influenza H1N1 é segura. Ela foi devidamente testada. Antes de ser aplicada aqui no Brasil, esta vacina já foi utilizada em mais de 300 milhões de pessoas no Hemisfério Norte, sem efeitos colaterais graves.

    Atenciosamente,
    Ministério da Saúde

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Ministério da saúde disse:

    Prezado Anonymous,

    Não há como confirmar se a síndrome de guillain-barré que a sua irmã teve foi decorrente da vacina. Somente os laudos dos exames realizados por ela são capazes de confirma isto.

    Abaixo, segue um pergunta e resposta sobre a síndrome.

    SÍNDROME DE GUILLAIN-BARRÉ (SGB)
    O que é a Síndrome de Guillain-Barré?
    É a perda da habilidade muscular em responder aos comandos cerebrais, ou seja, paralisia flácida de origem súbita. Esta síndrome acomete todas as idades; no entanto, alguns estudos epidemiológicos mostram um pequeno pico na adolescência e adulto jovem, provavelmente devido ao maior risco de infecções.
    A Síndrome de Guillain-Barré ou polirradiculoneurite aguda caracteriza-se por uma polirradiculoneuropatia inflamatória aguda de origem autoimune adquirida e monofásica.
    Acredita-se que a SGB seja uma desordem imunomediada, resultante da geração de anticorpos autoimunes que apresentam reação cruzada com epítopes dos nervos periféricos, ocasionando destruição desses nervos. Auto-anticorpos são formados em resposta à variedade antigênica de estímulos tais como, infecções virais ou bacterianas. O indivíduo produz auto-anticorpos contra sua própria mielina. Então os nervos acometidos não podem transmitir os sinais que vêm do sistema nervoso central com eficiência, levando a uma perda da habilidade de grupos musculares de responderem aos comandos cerebrais. O cérebro também recebe menos sinais sensitivos do corpo, resultando em inabilidade para sentir o contato com a pele, dor ou calor.
    É uma patologia de certa forma rara, visto ser baixa sua incidência anual, porém é uma enfermidade que ocorre mundialmente e independe de fatores como idade, sexo, classe social e hábitos de vida, parecendo haver de acordo com estudos já realizados, um maior acometimento de homens, indivíduos adultos jovens e população geriátrica.
    É uma doença cosmopolita de incidência anual entre 0,4 a 4 casos/100.000 habitantes (média de 1,3 casos). Ela aumenta com a idade, é maior que 4 casos/100.000 ao ano após os 75 anos, e estudos sugerem que os homens são mais afetados (1,5 vezes) que as mulheres.

    Qual a incidência desse efeito colateral? (evento adverso)
    No caso da influenza A (H1N1) não há estudos que demonstrem essa incidência. Contudo, em geral, com as demais vacinas há evidências de ocorrência de cerca de 0,07 a 0,46 casos/100.000, até 6 semanas pós vacinação.
    Como ela se manifesta no organismo?
    Caracteriza-se pela perda de força dos membros inferiores, perda do controle esfincteriano, comprometimento de pares cranianos e diminuição dos reflexos tendinosos profundos, por comprometimento periférico ascendente, progressivo e geralmente simétrico, na qual as manifestações motoras predominam sobre as sensoriais.

    Continuamos à disposição.

    Atenciosamente,
    Ministério da SAúde

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe