Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone
estudo francesBlog A Nova Ordem Mundial

Um novo estudo francês concluiu que há benefícios nutricionais nos produtos orgânicos, com base em dados compilados pela agência francesa de alimentos AFSSA. A conclusão contradiz um estudo britânico publicado no mês passado, sobre o qual eu postei a alguns meses atrás.

Se alimentos orgânicos trazem ou nao benefícios nutricionais comparado com alimentos convencional tem sido um assunto de considerável investigação e debate. A questão veio à tona há alguns meses atrás, quando um estudo encomendado pela Agencia de Standards Alimentares do Reino Unido (FSA) concluiu que não há nenhuma evidência de superioridade nutricional nos alimentos orgânicos.

Agora, no entanto, uma análise publicada no Jornal de Agronomia para o Desenvolvimento Sustentável trouxe conclusões completamente diferentes.

O autor Denis Lairon da Universidade de Aix-Marseille coordenou uma “atualizada avaliação exaustiva e crítica da qualidade nutricional e sanitária dos alimentos orgânicos para a AFSSA, que foi originalmente publicado em 2003. A nova revisão é baseado nesta avaliação, bem como nos resultados de novos estudos publicados nos últimos anos.

Lairon concluiu que os produtos vegetais orgânicos contêm mais matéria seca e minerais – como ferro e magnésio – e mais polifenóis antioxidantes como fenóis e ácido salicílico. Dados sobre carboidratos, proteína e níveis da vitamina estão insuficientemente documentados, disse ele.

Produtos animais orgânicos tem também mais gorduras poli-insaturadas.

  • A nutrição é importante?

Na sequência da publicação de relatório da FSA, os grupos orgânicos e os meios de comunicação debateram sobre os motivos para entusiasmo dos consumidores para comprar produtos biológicos. Muitos concluíram que o benefício nutricional não é necessariamente o motivo principal das pessoas preferirem alimentos orgânicos, mas elas seriam mais impulsionadas pela segurança alimentar e aspectos ambientais, tais como a utilização de pesticidas.

Ao contrário dos autores do estudo da FSA, Lairon focou na segurança alimentar. Ele concluiu que entre 94 e 100 por cento do alimento orgânico não contém resíduos de pesticidas, e legumes orgânicos têm cerca de 50 por cento menos nitratos.

Cereais orgânicos, contudo, foram vistos a ter níveis globais de micotoxinas semelhantes em comparação com os cereais convencionais.

  • Ênfase na qualidade

O estudo britanico se baseou em evidências dos estudos publicados no idioma inglês e, em particular chamou a atenção para deficiências na metodologia de muitos estudos, o que significaria que seus resultados não poderiam ser incluídos.

O relatório original da AFSSA, também colocou um ônus elevado sobre a qualidade dos estudos utilizados na revisão. Trabalhos selecionados tiveram que se referir às bem-definidas e certificadas práticas agrícolas organicas, e tinham que ter informações sobre projeto e monitoramento, parâmetros de medida válidos e amostragem apropriada, além de análises estatísticas.

Fontes:

Food Navigator: French study says organic food is healthier
Abstract do Artigo: Nutritional quality and safety of organic food. A review

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

7 Comments

  • Patrícia M. disse:

    Graaaande novidade… precisa de pesquisas pra concluir que alimentos sem veneno, antibióticos, hormônios e química são mais saudáveis…? Pelo amor… Estou me irritando com essa indústria da Pesquisa. Pra mim isso não passa de promoção pessoal. O mundo acadêmico também é podre.

    Pra quê pesquisar coisas tão óbvias? Em vez disso pq não pesquisar a cura do câncer para quem já foi afetado, entre outras coisas… O homem já foi à Lua e a cura dessa doença ainda não foi "inventada"… por que será?

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Blackswan disse:

    Bem descobriram algo que os meus tetra-avôs ja sabiam e não tinhão as doenças que hoje há .
    E uma verdade que dizem entre 100 .

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • le disse:

    O ocidente constitui na forma mais precária, o ocidente nao consegue nem ver o rastro de poeira que o oriente deixa pra eles em ralação a estudos sobre o corpo-alimentação-mente-natureza … realmente quem acredita no remedio ocidental, perde, e muito, principalmente saude e bastante dinheiro.
    Falar que alimentos organicos nao sao tao bons é dizer que agua mineral nao é tao boa quanto agua do rio Tiete. To errado?
    parece que ja nao basta jogar quimicos em tudo qto é canto,a gora estar partindo pra tentar conprovar ineficiencias aonde nao há…

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Anonymous disse:

    na cara do codex alimentarius

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Paulo Augusto disse:

    Eu acho muito importante essa questão. Descobri recentemente os alimentos orgânicos. Já experimentei produtos orgânicos em Londrina em uma loja chamada Orgânica Alimentos. É tudo muito mais saborosos, de fato. Acredito sim que é muito mais benéfico para nossa saúde. Para quem curte alimentos orgânicos, essa mesma loja daqui de Londrina possui um site. Além, tem informações bem legais também. É este= http://www.organicashop.com.br/mundo-organico

    Abraços…

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • mozart alipio falcaõ disse:

    Quanto à matéria em si, creio que todas que forem feitas para elucidar e debater mais o assunto serão benéficas para todos.Mesmo que para alguns que já têm maior grau de esclarecimento. Não podemos nem deveríamos excluir os menos privilegiados.Além do fatos que a análise por óticas diferentes nos dão a chance de trazer algo diferente a luz.
    No dia a dia, mesmo com matérias contra,o importante é ver que com uma mudança de hábitos,posturas e posicionamentos mais críticos referente a nossa saúde tomemos em nossas mãos esta responsabilidade.
    Esta que negligenciamos ao longo de nossas vidas,simplesmente achando que os responsáveis deveriam ser as empresas, os governos,os políticos.
    Esta cultura que temos e nos foi passada ao longo dos últimos 50 anos, baseia-se em uma economia onde o objetivo e basicamente gerar lucro.Hoje vivemos num mundo onde tudo funciona neste intuito e a qualquer custo.A sociedade mundial tem pago esse preço com um número cada vez maior de doenças que vem surgindo.O pior é que cada diagnóstico, novo, nova doença;Só trata-se o sintoma localizado, em sua maioria não buscam ou não querem evidenciar as reais causas. Se eu conheço a causa e posso agir de forma preventiva,como os laboratórios vão sobreviver sem vender remédios.Laboratórios são empresas que como qualquer outra precisa ter lucro.
    Acredito que a política dessas empresas será sempre remediar e nunca curar.Se elas tivessem esse poder também nunca o fariam pois isso não depende de remédios, mas de mudança de hábitos.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • mozart alipio falcaõ disse:

    Estudos a parte, e eles são importantes para podermos exercer nosso senso crítico.
    O fato é que os alimentos que plantamos em nosso nossos canteiros, independentes dos tamanhos,sem a menor dúvida nos fazem muito bem , principalmente porque sabemos como foram cultivados.
    A única real garantia que precisaríamos ter é que tivéssemos sementes e mudas puras sem nenhum resíduo de transgênicos.
    Esse movimento silencioso que ocorre nos bastidores é muito mais eficaz para nossa segurança alimentar.Sabemos que o poder econômico é muito forte e que em determinado momento tentará proibir a venda produção e consumo de orgânicos.Não tenham esta dúvida….

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe