Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Na Alemanha uma pessoa que participava de testes clínicos com a vacina para a gripe suína chegou a tossir sangue além de outros sérios problemas, enquanto os pesquisadores disseram que não havia nenhuma ligação.
Axel Sch, de 40 anos, disse que a vacina o derrubou. Uma hora após receber a vacina, passou a soar frio, três dias depois, seus rins e cabeça doíam sem parar e teve um acesso de tosse que o levou a tossir sangue.
Frank von Sonnenburg, responsável pelo estudo a nível nacional da vacina na Alemanha, não considera estes relatos digno de confiança. Ele diz diz que tais efeitos colaterais não podem ser relacionados com a vacina.
Enquanto isso os “experts” preparam a sociedade para uma enxurrada de falsas denúncias a serem atribuídas a gripe. De acordo com Michael Osterholm, do Centro de Pesquisas e Políticas Doenças Infecciosas de Minnesota, “Vamos ser inundados de eventos potenciais”
De acordo com o jornal estadao:


“A expectativa é de uma avalanche de chamadas denúncias de eventos adversos, ou seja, de mortes, doenças ou outros traumas de saúde ocorridos em até 15 dias após receber um tratamento — no caso, a vacina contra a gripe suína.”
E usam a mesma desculpa esfarrapada para a falta de testes clínicos: que a vacina utiliza da mesma tecnologia que a vacina da gripe sazonal, e por isto não há necessidade de testes aprofundados. Fora o fato que esta vacina conterá esqualeno que é ligado a problemas da Síndrome da Guerra do Golfo, quando soldados foram vacinados com a vacina contra o Anthrax e tiveram sérios problemas.
O CDC ainda informa que usará facebook, twitter, RSS feeders, videos do youtube, para rastrear as consequencias da vacina.
está sendo preparanda uma atmosfera na qual será possível desviar qualquer problema advindo da gripe. Basta manipular um pouco os números, mentir aqui e ali, o que já fazem com os estudos da vacina normal, e voila, a culpa já nao é mais da vacina. Aos poucos se percebe o modo de acao que será utilizado para desviar a culpa dos esperados efeitos colaterais.

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

1 Comment

  • Mário Nunes disse:

    A mim espanta-me ninguém ter apresentado queixa e processado judicialmente a industria farmacêutica, creio que há mais que matéria do âmbito do foro criminal.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe