Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

 

Sanofi irá utilizar adjuvante para diminuir a dose da vacinaA Sanofi Pasteur, que produz 40% das vacinas de gripe do mundo e irá fornecer a vacina contra a gripe suína para o Brasil, está aplicando para uma licença rápida (fast-track) para a sua vacina.
Na prática esta licença permite pular vários estágios dos testes clínicos. Especialistas da OMS dizem que como a nova vacina é “quase igual” a da gripe normal, é esperado que estes testes passariam de qualquer forma. (hummmm)

A empresa afirmou que nesta sexta, dia 7 de Agosto, iniciou os testes em humanos de sua vacina contra a gripe suína.
Ela também fez licenciamento suplementar para vacina que considere uma mutacao do vírus.
Como é que vao testar uma vacina que considere a mutacao do vírus? Irao talvez eles mesmos criar uma mutacao do AH1N1 para poder testa-lo?
  • Esqualeno
Um outro ponto importante é que a vacina da Sanofi, tao bem quanto a da Novartis, é que elas conterao adjuvantes, que é uma forma de maximizar o efeito da vacina. A OMS orientou aos laboratórios a usarem adjuvantes para permitir produzir uma maior quantidade de vacina em um menor tempo.
O problema é que o adjuvante que será utilizado, de acordo com algumas fontes é o esqualeno. O esqualeno é um composto químico que ocorre na natureza, até mesmo nosso corpo produz e e vendido em lojas de produtos naturais como óleo de tubarao. Isto é claro, é como a OMS mostra o inofensivo esqualeno. Ingerindo o esqualeno é incomparável a injetá-lo. Pegue por exemplo, o ácido estomacal. Ele é um ácido super forte, que nós nao podemos viver sem, mas voce nao iria querer que alguem injetasse este ácido no seu braco.
À primeira vista, ele parece bom e até mesmo parece fazer sentido. No entanto, esqualeno tem uma história.
Na Guerra do Golfo, varios veteranos foram vacinados contra o vírus Anthrax, que continha esqualeno. Isto causou a Síndrome da Guerra do Golfo, que devastou as vidas de muitas vítimas, causando limphodenopatia, artrite rematóide, danos ao sistema nervoso, fatiga cronica, fibromialgia, lupus, lesoes na pele que nao curam, perda de memoria, convulsoes, Syndrome de Sjogren, doenca de Raynaud, dores de cabeca cronicas, esclerose multima, e outros problemas.
No entanto, no site da OMS informa-se:
Sabe-se agora que esqualeno não foi adicionado ao vacinas administradas a esses veteranos, e de deficiências técnicas no relatório sugerindo uma associação têm sido publicados.
Existem ligacoes também do esqualeno com artrite rematóide, por este forcar uma alta resposta do sistema imunológico por longos períodos.
Em 2000 um estudo publicado no “American Journal of Pathology” demonstrou que uma única injeção do adjuvante esqualeno em ratos desencadeou uam inflamacao crônica nas articulacoes, também conhecida como artrite rematóide.
O esqualeno e aprovado para uso em vacinas na Uniao Europeia mas nao nos EUA. Apesar disto os EUA já encomendaram 300 milhoes de dólares em vacina da Novarti’s contendo esqualeno.
E aparentemente as vacinas brasileiras também irao conter. No artigo publicado hoje nao havia informacao se o aditivo ou adjuvante utilizado seria o esqualeno, mas parece que sim, uma vez que as outras empresas estarao utilizando e a OMS já deu o seu aval.
Cheque este blog para mais atualizacoes.
Fontes:
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

4 Comments