Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Fonte: Blog A Nova Ordem Mundial

Finalmente a mídia corporativa e o governo começam a abrir o jogo em relação aos chemtrails que temos visto dia após dia sobre nós.
Um artigo na revista TIMES sugere que geo-engenharia pode ser a única forma de prevenir o completo colapso do clima.

Em seu artigo intitulado “Poderia a Geoengenharia Ajudar a Desacelerar o Aquecimento Global?”, Bryan Walsh sugere que através do uso de combustíveis fósseis nós já estamos “geo-engenhando” e que nós poderíamos ficar bom nisto.

“Se nós ‘geo-engenhamos’ a terra nessa bagunça com nosso apetite incontrolável por combustíveis fósseis, talvez nós tenhamos que usar a geo-engenharia para sair dela”, Walsh escreve, citando um paper do think-tank Copenhagen Consensus on Climate.
O meio mais prominente de geoengenharia sugerido no paper, no entanto, vem na forma de borrifar enxofre no ar.

O artigo explica: “Uma forma de baixar o termostato seria borrifar partículas de enxofre na atmosfera, através de artilharia ou com avioes, engrossando o ar o suficiente para que um pouco da luz solar seja refletica de volta… seria necessário que isto fosse feito continuamente, para compensar a intensificação do efeito estufa.”
Esta opção já havia sido divulgado na imprensa, quando John Holdren, o “Czar” de ciências de Obama, estava levando adiante projetos de exploração de “terra forming”. Este processo já estava sendo conduzido por universidades afiliadas com o governo, agências governamentais, borrifando o ar em larga escala.

Abaixo um documentário do history channel que mostra como diversas agências governamentais tem utilizado ferramentas de manipulação do clima desde décadas atrás.

Documentário de uma agência local de notícias de 2007, que achou alta quantidade do componente químico Bario, em um dia em que grandes quantidades de chemtrails foram vistos nos céus.

Fontes:

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

3 Comments